sábado, 12 de julho de 2014

Relato do parto Humanizado da Paula e nascimento da Helena pela doula



Conheci Paula através do meu marido. A mãe dela era colega do meu marido no banco onde eles trabalhavam. Assim fiquei sabendo que Paula estava sendo acompanhada pela Dra. Ana Claudia, e depois de nos conhecermos, fechamos o acompanhamento. Paula é uma mulher muito tranquila, bem informada e objetiva. Sabia que seu limiar de dor era um, e já foi me avisando que se fosse demais a dor pediria analgesia. Me perguntou se eu me opunha, e claro, disse que não, afinal o parto era dela, e eu estava ali somente para informa-la e a partir disso apoia-la.

Dia 10 de outubro, meu telefone toca, era a Dona Neida avisando que eles estavam saindo de Sto Antonio rumo a POA, que as contrações da Paula estavam vindo a cada 5 minutos, e que foi feita uma avaliação no hospital da cidade onde foi constatado 3 cm de dilatação. Comecei a me arrumar e segui para POA também, rumo ao Hospital Divina Providência.
Fiquei aguardando na porta da emergencia do Hospital, e em alguns minutos depois eles chegaram. Logo vi a Paula no banco da frente, com semblante preocupado, mas assim que me viu deu um sorriso lindo. Tinha um olhar apreensivo, mas sabia o que queria.

Depois de acomodados na sala PPP iniciamos os trabalhos com uma ducha quente. Paula aparentava muita tranquilidade e nenhum desconforto a cada contração. E a cada contração ela solicitava massagem na lombar, se não estivesse no chuveiro, e agradecia dizendo que o alivio era grande. Seu corpo foi se abrindo rápido e logo havia chegado nos 7 cm de dilatação. Mas a partir dai ela pediu, com toda a certeza, a analgesia porque a dor estava intensa e difícil de lidar. A Dra. Ana Claudia explicou a ela que estava indo muito bem, e que nesse ritmo Helena logo estaria nascendo. Que a analgesia podia diminuir o ritmo do trabalho de parto e até parar por algum tempo. Mas Paula estava certa de que a analgesia era necessária, e estava muito tranquila em tomar esta decisão.





Depois de aplicada a analgesia, e a sensibilidade dos pés e pernas voltarem, ela saiu da cama e foi para bola voltando a se movimentar. Ela estava bem tranquila, sentindo as contrações sim,  mas muito mais amenas, e assim pode curtir mais o parto. Rimos, conversamos e ela pode descansar também. Um tempinho depois Helena já se mostrava no canal de nascimento, a dilatação estava completa. Paula ficou sentada na maca e começou a empurrar. No expulsivo a ajudamos e orimentamos, pois ela não sentia as contraçéos começarem e nem onde tinha que empurrar, mas se saiu maravilhosa e minutos depois, de muita coragem e perseverança, Paula deu a luz a pequena Helena, linda e bochechuda. Um pacotinho de gente! Papai Alencar foi muito corajoso e acompanhou a maior parte do processo, não desgrudando da amada até ver sua filhota nascer!





















Depois de se reconhecerem Paula deu o seio a filha começando um belo processo de amor e aprendizagem! Amor em forma líquida nutrindo a bebezinha. Realmente emocionante presenciar a primeira mamada. Depois da família acomodada, e de ter babado um pouquinho a pequena Helena, me despedi da família, cheia de ocitocina e muito feliz por ter tido a oportunidade de presenciar mais um nascimento!



Paula e Alencar gratidão por me convidarem a participar desse dia tão lindo, emocionante e especial! A Helena é linda demais!

Ana Luisa- Doula

Mãe do Bê, da Fifi e do Kim

Um comentário:

  1. Coisa mais maravilhosa!!!!!!! Amei todo o processo e o seu carinho e o da dra Ana foram insuperáveis!

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

MundoBrasileiro